ligado em voce

terça-feira, 3 de julho de 2012

Eleição não terá bandeiras, cartazes e adesivos em Ribeirão Preto (SP)




A propaganda eleitoral em Ribeirão Preto (313 km de São Paulo) terá regras mais rígidas neste ano, com proibições à utilização de bandeiras e exposições de placas, cartazes e cavaletes em locais públicos.
A decisão foi anunciada nesta segunda-feira (2) por juízes eleitorais da cidade a representantes dos partidos. Também estão fora da campanha banners e adesivos, entre outros adereços tradicionalmente utilizados pelos candidatos.
De acordo com o juiz Sylvio Ribeiro de Souza Neto, da 305ª zona eleitoral de Ribeirão, a Justiça Eleitoral fez um estudo para definir se uma lei municipal de Marcelo Palinkas (PSD), líder do governo na Câmara, sancionada em junho, seria válida.
Ficou definido que sim, o que gerou queixas de partidos como PT e PSTU. "Há entendimentos, em tribunais superiores, de que o município pode legislar sobre essas questões, até porque a lei é feita por quem representa o povo. É vontade do povo", afirmou o juiz.
As proibições foram somadas a uma lei de 2008 que já previa a proibição da utilização de muros para a propaganda eleitoral.(Folha)

Nenhum comentário:

Fala Povão